Grupo Borboleta Azul

grupo-borboleta
Conheça o projeto

Desde que comecei a lecionar o Reiki em 1998 senti uma enorme necessidade de me reunir com meus alunos semanalmente para praticarmos juntos, tirar dúvidas e, também, para que eu pudesse acompanhar a evolução deles dentro da técnica.

A prática após o curso é essencial para que se aumente a conexão com o Reiki, crie-se o hábito do autotratamento e para que os resultados aconteçam. Então, começamos a nos reunir todas as quintas-feiras para praticar juntos e enquanto eu orientava toda a prática, para que houvesse uma sintonia entre o grupo, fui sendo inspirado a dizer certas palavras durante o processo e, assim, naturalmente foi surgindo o trabalho de meditações guiadas junto com o Reiki.

Na verdade esse trabalho ganhou uma dimensão que eu não imaginava e após a meditação começamos a atender também pessoas com Reiki. Cada aluno podia levar uma pessoa para ser atendida pelo grupo.


Foi nesse momento que comecei a desenvolver um trabalho de meditações guiadas, junto com a canalização do Reiki visando tornar o processo de canalização mais interessante e dinâmico e, também, induzindo as pessoas a olhar para dentro e transformar padrões.

Durante a meditação, enquanto as pessoas se auto-aplicam Reiki, vou preenchendo a mente delas com imagens e programações positivas, e pelo estado profundo de relaxamento que elas alcançam durante o processo, essas imagens e programações criam raízes profundas no subconsciente, fortalecendo assim o desenvolvimento de novos padrões mais saudáveis e ao mesmo tempo fazendo-as refletir sobre suas próprias vidas e potencializando o processo de autocura e autoconhecimento.
Experimentos científicos nos mostram que se conectarmos o cérebro de uma pessoa a computadores e scanners e pedirmos para ela olhar para determinados objetos podemos ver certas partes do cérebro sendo ativadas. Se pedirmos para ela fechar os olhos e imaginar o mesmo objeto as mesmas áreas do cérebro se ativarão, como se estivessem vendo aquele objeto. Então, podemos concluir que a mesma sensação de paz e bem-estar que uma pessoa sente ao ver uma paisagem maravilhosa pode ser recriada apenas com a visualização dessa paisagem.

Conforme já aprendemos na nossa jornada com o Reiki, o autotratamento completo é importantíssimo, porém é importante que você aplique Reiki no próximo, pois Jesus disse: “Ame o próximo como a você mesmo”. Não menos importante é você receber Reiki de outra pessoa, por isso, é essencial que você participe de grupos de trabalho com Reiki, pois nesses grupos você terá oportunidade de aplicar e receber Reiki, tendo assim uma vivência completa. Além de ter a oportunidade de trabalhar com um volume de energia muito maior, pois quando se trabalha em grupo a energia do Reiki se potencializa, acelerando os processos de cura e transformação.

É muito proveitoso para todos os reikianos se organizarem em encontros periódicos com o propósito de partilharem experiências e uma energia mais elevada, que somente é alcançada com a união de muitas pessoas com um mesmo objetivo.

Nós, como agentes de cura e harmonização, precisamos de ajuda e suporte como qualquer outra pessoa. O fato de sermos canais de Reiki não significa que somos imunes a doenças, as dores e aos problemas do dia a dia. Não coloque nos seus ombros o fardo de querer ser perfeito e autossuficiente, pois nós não estamos aqui para sermos perfeitos, nós estamos aqui para amar e aprender, e é sempre mais fácil aprender em grupo.

É muito agradável participar desse tipo de trabalho. A energia do Reiki envolve todo o grupo, diluindo todas as diferenças, unindo todos em prol de objetivos comuns.
Em nossos encontros durante o trabalho de meditação guiada trabalhamos em círculo e as pessoas ficam sentadas em cadeiras. A meditação dura em média 1 hora.Na hora do Reiki são montadas 10 camas de massagem onde as pessoas deitam e recebem Reiki. Nós realizamos 3 rodadas de atendimentos e em cada rodada a pessoa recebe um tratamento de Reiki por 25 minutos.

Espero que o Reiki se difunda cada vez mais e que cada vez mais as pessoas se reúnam para propagar essa energia maravilhosa, ajudando a si mesmas, a seus familiares, entes queridos e o planeta.

Eu permito que pessoas que ainda não são reikianas participem do trabalho de meditação. Eles participam apenas com as visualizações, pois obviamente ainda não são canais de Reiki. A meditação guiada em conjunto com o Reiki promove os seguintes benefícios:

• Estimula e promove os processos vitais do seu corpo, melhorando sua saúde;

• Acalma a sua mente;

• Aumenta o seu nível de autoconhecimento;

• Estimula e aumenta o amor próprio;

• Melhora sua habilidade de se relacionar;

• Ajuda você a manter o foco da sua atenção em coisas positivas e fortalecedoras;

• Ajuda você a reconhecer dons e talentos que estavam adormecidos.

Agradecimentos especiais

Nos reunimos desde 1998, todas as quintas-feiras, a partir das 18h horas. Ao longo de todos esses anos de prática, já tivemos experiências maravilhosas, presenciamos curas fantásticas e sentimo-nos como uma grande família, que nunca para de crescer.

Tenho somente que elevar meu pensamento a Deus e agradecer a oportunidade de conseguir reunir pessoas tão maravilhosas.

Não poderia também deixar de agradecer a todas as pessoas cujas vidas e obras tiveram uma grande influência sobre a minha vida e sobre o meu modo de pensar. Pessoas que contribuíram decisivamente para o surgimento desse trabalho. Nesse contexto não poderia deixar de citar Ananda, Walter Lubeck, Willian Lee Rand, Choa Kok Sui, Osho, Dom Miguel Ruiz, Neale Donald Walsh, EckhartTolle e Dr. Ihaleakala Hew Len. Grande parte dos textos foram inspirados nas obras desses autores.

Um abraço,
Carlos Humberto Soares Junior.

Onde acontecem os encontros

Devido à quantidade de pessoas que começaram a procurar nosso grupo tivemos que buscar um espaço maior, então desde 2010 os encontros não acontecem mais no espaço ClearMind. As reuniões acontecem na sítio de Fátima. Endereço: Estrada Boca do Mato, 728. Saiba como chegar clicando aqui!